Seguidores

sexta-feira, 3 de junho de 2011

OUSO PENSAR



Longo é o silêncio agora
Meu coração a noite atravessa
entrega-se de paixão
sem pressa,
Ao aroma da vida, noite fora.

E eu sou uma rosa  aberta
Vou dar-te as mãos com ternura
Tudo no meu corpo desperta
Tudo nele é doçura.
Ao longe a lua cheia
Cheia de esplendor e longitude
E em mim ainda se ateia
O fogo da juventude.

Mas que sentir tão forte
Nosso amor é desmesurado
Pode até chegar-nos a morte
Que ele segue obstinado.
Nosso amor é assim magia
Tem o esplendor profundo
Envelhece dia a dia
Mas é o maior do Mundo.

Serena é a felicidade
Forte o sentido de viver
Mas à memória chega a saudade
E o medo de te perder.

Sem comentários: