Seguidores

sábado, 9 de março de 2013

à sombra da saudade



Óh tristeza...oh... agonia!
andam meus olhos tristes
chorando de noite e dia
a alma anda caída
a vontade a morrer
anda a vida sofrida
e pouco posso fazer...

ai como me lembro de mim!
desterrada na saudade,
sou sombra a chegar ao fim
minha mágoa é de verdade.

Óh nuvem esmaecida
oh sol que não me aqueces
que fizeste da minha vida,
que minha alma anoiteces?
sou sombra de mim saudosa
a sonhar a vida inteira
já tive a graça da rosa
já fui flor de laranjeira.

todo o sonho se desfez
tudo entregue à sorte!
olhos sem nitidez
adormecendo...
esperam a morte.

natalia nuno
rosafogo
imag-net