Seguidores

segunda-feira, 25 de julho de 2016

saudade...

às vezes há uma intensidade de lembranças na memória que dói...e uma vontade cresce dentro de mim, aguardando que possa dar-se o milagre de repetir-se novamente o já vivido...os sonhos escondem-se nas noites e vem a escuridão corromper a esperança, cansada semeio as lembranças no vento, para que a dor cicatrize...


natalia nuno

domingo, 24 de julho de 2016

pensamento...

que o alento não se apague em cada um de nós e o sonho vá ainda pela metade...que ele seja a seiva verde da nossa esperança.



natalia nuno