Seguidores

domingo, 17 de abril de 2011

QUEM É ESTA MULHER?












Quem é esta mulher
Desajeitada?
Que comigo não se parece em nada.
Que é como outra qualquer
Maria com outro apelido
Que anda à toa sem saber
E para quem a vida não faz sentido.

Quem é esta mulher
Desajeitada e infantil?
Talvez tenha algo a ver
Com a que sonha, sonhos mil.
Apaixonada pela magia
Do Mundo que a rodeia
E pela poesia,
que a prende em sua teia.

Quem é esta mulher?
É personagem antiga, reza a lenda!
Que à poesia vai recorrer,
e ao orvalho caído das alturas.
A que procura alguém que a entenda
Nas fantasias e loucuras.

Já sei quem é esta mulher!
A quem os sonhos foram desflorados
Que revela não ser compreendida
Nos sonhos mágicos encantados
E se queixa do salto vertiginoso da vida.

Já sei quem é esta mulher
Que abre sem cessar caminho
À conquista do seu dia
Despreza tudo o que é mesquinho
Escreve a tristeza, vive a alegria.
À conquista do seu destino,
Que um dia cintila
E no outro vacila
Com passos de peregrino
Um dia vai moribunda
No outro o Sol a circunda
Que a mim não se parece em nada.
Mas é nela a minha morada.


natalia nuno
rosafogo

4 comentários:

manuel marques disse...

Simplesmente uma grande MULHER.

Beijo.

Natalia Nuno disse...

Obrigada Manuel.

Já com algum desencanto, desprende as asas e retoma a vida.

Beijo

Sonhadora disse...

Minha querida

Somos a outra de nós...por vezes não nos encontramos...não conhecemos quem vive em nós...apenas poesia que nos habira.

Beijinho com carinho
Sonhadora

Natalia Nuno disse...

É verdade amiga, eu é que precisava não ser tão sonhadora, viver com os pés mais assentes na terra, daí que muitos ao meu redor não compreendam a necessidade de escrever, acham até uma loucura.

Beijinho grata pela visita.