Seguidores

sexta-feira, 22 de abril de 2011

MOÇA MENINA



Moça, menina

Vestida de vento

Altiva e ladina

Vive só o momento.



Gargalhada aberta

Os olhos são verdes

Tudo em ti desperta

Vê se te não perdes.



Tu és a saudade

És o livro aberto

És a Liberdade

És o Céu por perto!



Menina, criança

Tristeza, alegria

Quando a noite avança

Teu dia, ainda é dia!



Nos cabelos, luar

Na boca cerejas

Nos olhos tens Mar

Que mais tu desejas?!



poema dedicado à minha neta de nome Margarida que adora poesia

Sem comentários: