Seguidores

domingo, 8 de julho de 2012

TREJEITOS SEDUTORES



Ao redor dos olhos
é visível a felicidade
Às vezes uma ruga de melancolia
trazida p'la saudade.
Um vestido bem talhado
um ar feliz
Sinal e resultado,
que Deus assim quiz.

Emocionados,
como jovens casados
Talvez haja uma razão!?
O amor floresce por toda a parte
como os junquilhos e o açafrão.
Ama-se para a vida
Aquele com quem se casa...ou não!?
Tudo depende do coração!

Evocam-se recordações de sedução
de amor e desejos
e outras ainda mais secretas,
aqueles escondidos beijos,
Ligeiros como borboletas.
E uma intensa sensualidade
Que ainda agora é saudade.

Encontrar, cortejar,
amar, desposar.
Hoje a jovem de seios atrevidos
Que o tempo traíu...tempo traidor!
Com saudade se viu... dos tempos vividos.
Dos momentos de amor.

Agora ainda um sorriso de cumplicidade.

natalia nuno
rosafogo









3 comentários:

PÈTALA disse...

Olá Natália

O amor não tem comportas
Nem no tempo ou espaço
Com ele não existem portas
Que ocultem o seu abraço!

É simples bondoso brincalhão
Só não gosta de maldades
Tem por casa, o coração
Nunca limitado a idades!

Quem com ele sempre andou
Bem sabe do que estou a falar…
Por mais anos que passou
Ainda dança com ele ao luar…

É tão bom vê-lo passear
Por entre teu belo jardim
Em espelhos de doce amar
De um rio que não tem fim…

Como é bom um amor arrebatado!
Vivendo em campos de desejos!
Feliz por quem ele á amado!
E se delicia em seus beijos!

Por ele, nunca se vai embora
Sorri até em dias de má sorte
Com ele a alma nunca chora
Nem nas negruras da morte!

Beijo

Pétala

Natalia Nuno disse...

Excelente!
Necessito ver isto tudo num local onde todos possam ler-te.

Beijo e a minha gratidão sempre.

PÈTALA disse...

Olá Natália

Escrever é um prazer
E por ser o meu desejo
A forma de agradecer
É deixar-te, meu beijo.

Já conheces o que penso. Seja como for, deixo o meu reconhecimento!

Pétala