Seguidores

terça-feira, 10 de julho de 2012

SENSIBILIDADE DE POETA




O Poeta Petala disse:

Olá Natália

Ser ave, não custa nada!
Basta abrir asas, voar!
É como ouvir uma balada!
E se deixar nela, sonhar!

O sonhar nunca anoitece
Tudo semeia e faz crescer
O que era nada, acontece
O agonizante faz renascer!

A vida tem sempre ofertas
Só lhe basta dar atenção
E estar atenta aos alertas
Que nos vai pondo na mão!

Todos os versos são cantos
Feitos de que forma for
E os teus são de encanto
Em formatos, de fina flor

Nada termina friamente
Se o coração não quiser
E para ficares mais contente
Deixa-te um, bem-me-quer!

Beijo

Pétala
9 de Julho de 2012 11:05

Fico grata pelo carinho, acho tão belas as quadras que me deixa este amigo em comentário que tenho
pena de as deixar por lá.

Sem comentários: