Seguidores

segunda-feira, 29 de agosto de 2011

KARINNA




POEMA QUE ME FOI DEDICADO

*Divagando no teu versar esplêndido:

'Chão*


um verso flutua na solidão
o homem-poeta veste-se de brumas
traz consigo todas as buscas
no coração ainda reluz um clarão
nas pegadas se faz um caminho
e na Poesia se faz chão...


Karinna*'


*Amiga querida, admiro-te sobremaneira!
Beijo-te
Ka*

Ler mais: http://www.luso-poemas.net/modules/news/article.php?storyid=197210#ixzz1WPMqUk7e
Under Creative Commons License: Attribution Non-Commercial No Derivatives

Obrigada amiga!

2 comentários:

manuel marques disse...

Estou de volta,senti saudades.

Beijo.

N. Barcelli disse...

Bonita dedicatória sob a forma de poema.
Beijos, querida amiga Natália.