Seguidores

segunda-feira, 14 de dezembro de 2015

entre lágrimas e soluços...





parte o comboio da estação
logo outro vem na direcção
contrária.
há olhos que se interrogam
beijos que não se dão
lenços que se agitam no ar
preces para que haja volta
o apito do comboio se solta
partir é o destino...
quem parte leva saudade
tem pela frente a incerteza,
quem fica pede ao Divino
com o peito apertado tal é a dureza
a boca calada, os sonhos adiados
afectos manifestados
tantas as emoções resultantes
de corações amantes...

já tanto faz...como a vida é falaz.

quem chega, traz novidade
mata saudade... e olha, que paz!
tantos sentimentos à chegada
lágrimas felizes acodem ao rosto
ao longe o sol no poente é posto
e o que se sente?!
Um rio, que não parou de correr
um coração a palpitar
partir, chegar, passado e presente
viver e morrer...

natalia nuno
rosafogo





Sem comentários: