Seguidores

domingo, 20 de janeiro de 2013

amor perfeito...




 
vem do rés da terra
um cheiro a alecrim molhado
e meu olhar se desterra,
a saudade causa estrago.
pergunto ao rio, à fonte,
ao sol que desaparece sobre o monte,
o porquê da minha tristeza
deste pesar que a mim traz choro,
mas há em mim a certeza
que dos dias enquanto viver,
e de quantas palavras escrever
serão para te dizer...
terra amada te adoro.

és minha terra prometida
minha poesia de esperança
vento que sopra em minha vida,
que cantarei docemente
mesmo que de ti ausente...

nas estevas do caminho,
nas flores do rosmaninho,
no céu que de luar te cobre
cantar-te ei de noite e dia
minha terra pobre
e nobre,
ventre de volúpia.

virão sonhos e recordações
ou pequena lembrança que seja!
trar-me-ão alegrias, emoções,
uma primavera que se deseja,
os frutos que maduram no verão
e a paz ao meu coração

natalia nuno
rosafogo
ima-net.


Sem comentários: