Seguidores

sexta-feira, 18 de janeiro de 2013

sonho dum momento só meu




quisera ser um momento
aquele sol dourado que brilha
nada mais que um momento
ser poema maravilha.
partir para outro hemisfério
levar no olhar
salpicos de mar...
e a boca salgada de mistério.

quisera ser um momento
a nota duma flauta no ar
nada mais que um momento
ser verso a soluçar
esperando a tua chegada
olhando p'la janela entrefechada.
agora que a tarde me banha
e a saudade se faz tamanha.

quisera ser um momento
cantar como canta o Poeta
e nada mais que um momento
nesta tarde violeta,
e tarde em meu coração...
oca de pensamento
me deixaria adormecida
por aí... algures sumida.

deixando um beijo de despedida
nesse momento morrer de amor...

por quem tanto amei na vida.


natalia nuno
rosafogo
imagem da net

2 comentários:

Maria João Brito de Sousa disse...

Sempre magoada, a tua poética, mas muito forte e belíssima!

Deixo-te um grande e saudoso abraço!

Natalia Nuno disse...

E eu fico orgulhosa da tua visita, leio-te sempre com gosto Mª João, teus sonetos não tem igual.

um abraço querida amiga, obrigada pela presença.