Seguidores

sábado, 15 de outubro de 2011

MEU AMOR

flowers-flores-rosacanina

Meu Amor
Disse-te um dia
Que em meu coração ateáste
Um fogo luminoso.
Apagado e triste o deixáste
Num sopro doloroso.

Não te afastes de mim
Deixa-me ser,
Do teu sol, o último raio
Deixa ser a tua flor de jasmim,
Florescida no mês de Maio

Meu amor
Quero ser o teu poente
O teu mistério ou segredo
O teu rio ou afluente
O teu clamor, o teu medo.

Meu amor
Deixa-me ser
o cansaço onde adormeçes
O teu júbilo ou pesar
O sonho onde tudo esqueçes
E só lembras de me amar.

Meu amor
Deixa que seja
O rítmo do teu viver
Tudo o que o teu corpo deseja
Deixa-me amar-te enquanto o
coração bater.

natalia nuno
rosafogo
imagem do blog imagens para decoupage

3 comentários:

magenta® disse...

Ola Amiga.
Aqui está um poema de cariz diferente e muito belo. Adorei esta vertente. Aconselho-te a explora-la

Beijo magenta

Natalia Nuno disse...

Vou tentar, sabe bem de quando em quando falar de amor.
Anda outro por aí na forja.

Beijinho grande

Natalia Nuno disse...

Vou tentar, sabe bem de quando em quando falar de amor.
Anda outro por aí na forja.

Beijinho grande