Seguidores

quarta-feira, 17 de agosto de 2011

NÃO SERÁ SÓ A SAUDADE?



Resta o sol de Setembro
que vem meu rosto dourar
Pássaro sem asa... me lembro
De nos teus braços me abrigar.
Sou agora rio que ondeia
E que segue o rasto do mar
Meu corpo p'lo teu se encendeia
É um vazio que reina
se não estás para chegar.

Hoje veio cedo a madrugada
E eu faminta e sedenta
P'la vida enamorada
Por teu amor tão avarenta.

Surge a lua acelerada
Turva mais meu coração
E eu p'la noite apaixonada
Não quero ser sombra não!

Nossos beijos florirão
Este amor não terminará
Exala ainda no peito,
no meu coração de menina.
Coração que ressuscita
que persiste e pulsará
Levando ao fim sua sina.

Virão de Agosto as luas
e Marços de amores arrebatados
As minhas mãos apertadas nas tuas
Nossos corpos abraçados.
Acordei de ser menina
E mal compreendo o que sinto
Brota em mim a felicidade
Deste amor de verdade.

Não será só a saudade?

A vida é por demais fugaz
Tudo ficou para trás...

rosafogo
natalia nuno







Sem comentários: