Seguidores

segunda-feira, 3 de janeiro de 2011

TUDO QUE DEUS ME DEU














TUDO QUE DEUS ME DEU

É tudo um sonho o que escrevo
Ou sómente  palavras sem sentido
É a vida e a morte que me traz a medo
O cair da noite no meu olhar estremecido.
E nesta febril ansiedade
Vou escrevendo até a vida se negar
Páginas e páginas de saudade
Que é tudo que hei-de deixar.

Estou sem tempo pra chegar
Abre-se a noite e desfaleço
Pra chegar...a nenhum lugar,
Talvez ao sonho, enquanto escrevo e adormeço.
Há sempre uma lágrima que meu rosto molha
E sempre um pensamento incoerente
Sono leve como uma leve folha
E o fim mais próximo, o corpo sente.

Assim estou entre o que foi e poderia ter sido
O tempo morre, e morro eu
Levo da vida o merecido
Que foi tudo que Deus me deu.

rosafogo
natalia

Sem comentários: