Seguidores

sábado, 11 de fevereiro de 2012

POEMA DE MARIA ANTONIETA

Numa página em branco
escrevi uns rabiscos
Palavras simples
como simples somos tu e eu
E nessa simplicidade
nasceu a nossa amizade.
Nessa amizade partilhamos
palavras de desabafo
de viagens conseguidas
de imagens já vividas
de tristezas e alegrias
de noites e muitos dias
do marido, filhas e netos
de todos os nossos afectos
sem esquecer a poesia
pois foi nela que um dia
afinal nos encontrámos.
De tudo nós falamos
De tudo desabafamos
E nossa amizade perdurará
até que o sol se apague
no entardecer dos nossos dias.


POEMA

DA MINHA AMIGA IRMÃ ...MARIA ANTONIETA OLIVEIRA.


NATÁLIA NUNO
PESA-ME A ALMA na aldeia





POEMA

DA MINHA AMIGA IRMÃ ...MARIA ANTONIETA OLIVEIRA.

1 comentário:

José María Souza Costa disse...

Amei...adorei o seu blogue.
Lindo, Avassalador

CONVITE

Primeiro, eu vim ler o seu blogue.
Agora, estou lhe convidando a visitar o meu, e se possivel seguirmos juntos por eles. O meu blogue, é muito simples. Mas, é leve, dinamico e sobretudo Independente. Palpitamos sobre quase tudo. Diversificamos as idéias. Mas, o que vale mesmo, é a Amizade que fizermos.
Estarei grato, esperando VOCÊ, lá.
Abraços do
http://josemariacostaescreveu.blogspot.com