Seguidores

domingo, 5 de fevereiro de 2012

MINHA RUA




Vou correndo...vou correndo!
Deixei p'lo caminho a memória
Quantos obstáculos vencendo
Já invento minha história.
Minha rua está diferente,
da que trago no coração.
Onde está a minha gente
Não a vejo por aqui não!

Onde está o meu povo?
Que não o sinto por aqui já!
Nada há aqui de novo...
Nem me sinto bem por cá!

Sorvo a sopa sem vontade
Fico sem pensar em nada
E o peso da saudade
Põe-me a vida desolada.
Roo as unhas de ansiedade
Só vestígios doutra lua.
Mas esta saudade minha,
me transporta um tesouro
Esta rua já não é a minha
Nem o sol brilha como ouro.

Faço pose de rainha
Contenho vasta lembrança
em mim.
Lembro a rua que é minha,
Colho flores uma por uma
Esta é a rua, mais nenhuma

Onde fui flor no jardim...

rosafogo
natalia nuno

Sem comentários: