Seguidores

segunda-feira, 24 de outubro de 2011

SAUDADE DA SAUDADE

vintage-children-criança-vintage

A alegria me resgata a dor
O silêncio já não impera no meu medo
Grato me é o amor, é meu segredo
É meu consolo, lhe dou valor.
Pese alguma sombra embora!
Que a vida também é outra vida
Injusta a qualquer hora.

Sepultei minha má lembrança
Procurei consolo nos meus dias
Logo nasceu a esperança
Fechei a porta às melancolias.
Sorri por mais de uma vez
E o que no rosto não se via?
Cabia,  no coração talvez!

Mas nada já reclamo
E até a dor entendo
É que de tanto que a vida amo?
Aos poucos a vou perdendo.

E na força dos meus braços
Não se extingue o encanto de abraçar
Já são escassos meus passos!
Mas é grande a vontade de avançar...

natalia nuno
rosafogo

Sem comentários: