Seguidores

quinta-feira, 26 de maio de 2011

MEMÓRIAS



Há memórias que  provocam
na garganta um nó
São como páginas rasgasdas
voando ao vento
Futuro incerto onde me sinto
só!
Fria madrugada pintada de cinzento
Mas, ao mesmo tempo são loucura
Meu passado e meu presente
Falo delas com loucura
Assim...ansiadamente.

Memórias que povoam
minha almofada,
Fazem-me de novo criança
Em sonhos ficam gravadas
Acariciando-me a esperança.
Quando sonho acordada!

Agora que estou longe de tudo
Sinto-me um pássaro perdido
Nalgum ramo esquecido
Mudo!
Que não sente
Nem se interessa
Do que a vida tem pra lhe dar
Não mente!
Tem pressa
Assim, a morte o pode levar.

A solidão mora aqui
E sabe a força que tem,
A minha estrada esqueci
Já não lembro de ninguém.

rosafogo
natalia nuno
Imagem-blog imagens decoupage

Sem comentários: