Seguidores

domingo, 4 de setembro de 2016

momentos...





é na noite que levanto asas nas minhas mãos e olho nas minhas entranhas o mundo de palavras que as faz mover, e aí encontro o enigma do jamais escrito... e nos vestígios que escolho, brota sempre a saudade do instante, de todos os instantes.

natália nuno

Sem comentários: