Seguidores

segunda-feira, 5 de setembro de 2016

grato é recordar...



o passado vai caindo para um lugar que é o esquecimento, estilhaçado em bocados, numa névoa perdido...extinto no nada, conto agora com um futuro incerto e um presente inquietante entre a luz e a tristeza... lembro noites de ternura e o meu sorriso detém-se enquanto o sono não chega, na memória cruzam-se e inquietam-se os pensamentos, vendo-te deslizar de súbito pelos lençóis, o teu olhar a reflectir-se no escuro e o contínuo desejo de nada perder, perto dos sonhos ébrios ainda a vontade de me deixar quebrar entre teus braços...

natália nuno

2 comentários:

YellowMcGregor disse...

Quando o passado cai, a saudade resgata-o do esquecimento.

Belo texto, como sempre.

Com um ramo de :-) (sorrisos)

Natalia Canais Nuno disse...

Assim acontece, por enquanto! Sonharemos enquanto podermos...
Agradeço a visita e as palavras deixadas p'lo amigo, bem haja

um abraço desejando-lhe boa semana.