Seguidores

quarta-feira, 10 de agosto de 2016

veios de emoção...


visto de doçura o coração  que engravidou de saudade...e o pensamento sem amarras, é flauta ao vento deixando eco nas palavras...o sonho, leva a marca dos meus dedos, a esperança que abriga minha alegria, e um fardo de lamentos que são pingos de chuva nas correntes do meu olhar...

Sem comentários: