Seguidores

quinta-feira, 15 de março de 2012

TERNURA

anjos-nancy-noel-1

Cada palavra que me disseste
Eu gostei de escutar
Foram estrelas perdidas
Ainda nos meus olhos a brilhar.

Tremiam minhas mãos nas tuas
E o sol aquecia a minha alma
Agora é como se te olhasse a primeira vez,
nítida na lembrança.
Foste a minha inquietação
O meu tormento, a minha esperança.
És ainda a minha manhã
Esquecer-te?
Meu esforço é em vão!
A lembrança de cada palavra tua
me fala ao coração.

Fica vazia a vida
Que sabor tem?
Se trago a alma adormecida.
Se não me dizes, quero-.te bem.

Quero dizer-te o que meus
lábios não ousam
Meu coração é como um moinho,
bate baixinho...
Quando meus olhos nos teus
pousam!

Serei sempre menina
se voltares a pegar-me na mão
Busco em ti a ternura
como quem procura
água clara
para beber com sofreguidão.
.

natalia nuno
rosafogo

Sem comentários: