Seguidores

segunda-feira, 7 de novembro de 2011

AMO-TE NA NOITE EM SILÊNCIO

[1281163010_61403539_04_h_thumb%255B1%255D%255B2%255D.jpg]

Amo-te na noite  em silencio
Viajo p'lo teu corpo sem me deter
Me aquieto depois nesse abandono
E de prazer me deixo morrer.
Dos teus olhos surge  meu dia
Das tuas mãos a minha serenidade
Das tuas palavras a magia
Que lembram d'outros tempos de saudade.

Entre a felicidade surge incerteza
A vida  nos parece ainda jovem
Bela é a sua plumagem...a beleza!
Mas já nos meus olhos chovem
águas precipitadas
como rio transparente.

Que foi feito do amor da gente?

Amo-te na noite em silêncio
Meus lábios se encendeiam
Faço o sonho acontecer,
enquanto teus braços me rodeiam,
em delírio me deixo morrer.
Lembranças  acaricio
nesta tarde de estio.
Enquanto o sol se põe no poente.

Que foi feito do amor da gente?

O amor apenas vive enquanto queima
Quero voltar a ser tão tua como agora!
A vida foge, a vida teima
De tanto olhar atrás passou a hora.
Instantes passados me vêem á mente.

AMOR...
Que foi feito do amor da gente?
Num último beijo me abandono
Na doçura da memória, aguardo o sono.

rosafogo
natalia nuno
imagem ret. do blog para decoupage

2 comentários:

manuel marques disse...

Lindo.

Beijo

Natalia Nuno disse...

Obrigada amigo.
Tudo bom para ti.

Beijo