Seguidores

terça-feira, 11 de janeiro de 2011

FOI APENAS SONHO!





FOI APENAS SONHO!


Hoje me sinto semelhante a uma arvore
sem frutos.
Vou lembrando, para não esquecer
instantes curtos
gravados na memória, cinzelados,
como arasbescos airosos.
Desmaiando aos poucos,
instantes indistintos
Dos meus olhos famintos.
Chorosos.

Diante dos meus olhos a desfilar
Qual estrela no Céu
E ao despertar, tenho a certeza
Que era eu.
Nostalgia, misturada de saudade
Aquele rosto me pertencia
Mas já era tarde

Quase via em pormenor, impaciente,
Saí do sonho, cheia de ternura
Com os olhos húmidos de emoção
Guardo zelozamente
Com doçura
Essa imagem no coração.

Era apenas sonho
Um caminho estreito
Entre a vigília e o sono
Quando em sobressalto me deito.





















natalia nuno









rosafogo




















natalia nuno
rosafogo

Sem comentários: