Seguidores

terça-feira, 2 de novembro de 2010

CANTIGA D'AMANTE










Esta Poesia foi criada para fazer parte do Cancioneiro de Mário Osório


CANTIGA D´AMANTE

E ai Deus me fez sabedora
De cantar-vos ao coração
Aqui me tendes nesta hora
Senhor, se me derdes atenção.

Quisera eu ser trovadora
Por vós meu bem amado!
Morrerei a qualquer hora!
Deixo aqui dito e jurado.

Mas ai coitada de mim!
Que de tanto sofrer cansei
Em boa fé aqui eu aqui vim
Mas à míngua de amor me irei.

Trago o peito desagasalhado
Vou morrer por vós meu bem!
Se quiserdes de bom grado
Aceito a morte que lá vem!

Saberá Deus, não é por mal
Todo este Amor, que vos quero
Que outra melhor assim espero
Não vos seja como eu, tão leal.

Se olhardes os olhos meus?!
Vereis assim Senhor vos amei!
Com os vossos, quiz ir aos Céus
Sem os ter dizei-me: o que farei?



natalia nuno
rosafogo____

Sem comentários: