Seguidores

segunda-feira, 12 de maio de 2014

livre é meu pensamento



sou criança livre
correndo na erva verde
com alvoroço e rosto iluminado
nos olhos a recordação de mim mesma
de  estrelas o céu incendiado
sou gaivota sobrevoando o mar
no coração habita a ternura
que importa o inverno a chegar?

vou deixando as coisas assim
vou-me ausentando
aperto a saudade no peito
e assim, deste jeito
já nada consegue abrir-me a boca
se a vontade é já tão pouca.

Procuro ainda minha estrela
mas em que céu procurar?

natalia nuno
rossafogo

2 comentários:

Lídia Borges disse...

A infância, lugar de todos os encantos...

Um beijo

Natalia Nuno disse...

Lugar mágico ocupando permanentemente nossa memória...

Grata Lídia, beijinho