Seguidores

terça-feira, 13 de maio de 2014

há um sonho...



há um sonho
que me acorrenta,
outro me leva ao infinito,
sonhos que o sono inventa
me transformam em ave
me enchem de  loucura
ou de felicidade, fazem-me
sonhar com um amanhã feliz
trazendo à vida algum significado
voar... cortar os ares, como sempre quis
ou a deixar-me no meu espaço fechado

há um sonho
onde não há mais lugar
onde não posso chegar
mas onde sinto liberdade
para novas ideias,
a caminho da felicidade,
agarro-me ao sonho
onde sou criança a brincar
apraz-me sonhar o passado
reaver os tempos da meninice
onde sonho ser pássaro leve
sonhando com afectos que não teve.

há um sonho
em que o tempo me foge
não é de ontem nem de hoje
sonho, onde se avoluma a saudade
onde me sinto viajante
pisando o chão verdejante,
onde se enraíza meu coração
onde o vento é leve
há silêncio e solidão
e vou ao encontro da minha loucura
onde circulam meus pensamentos
sentimentos, onde invento
minhas musas com ternura.

natalia nuno
rosafogo



2 comentários:

PÈTALA disse...

Olá Natália,

E neste sonho me deixo levar!
Seus caminhos percorrer,
Rio manso fui encontrar,
E nas suas margens viver!

Desenganem -se os profetas da desgraça! A tua escrita está bem viva e recomenda-se! Continua escrevendo até que teus dedos doam! Mas a alma, essa não cansará, e cada vez mais vida terá! E sempre que a alma rejubila, todo o corpo agradece. E as suas funções vitais exultarão de alegria! E a alegria é a força de vida, sempre e em qualquer circunstância! Podem-nos despojar de tudo, mas nunca deixemos que nos roubem a alegria! Porque a força da alegria leva-nos inevitavelmente ao sonho! E quem sonha, tem o mundo nas mãos! E a partir daqui, pode-se voar todo o universo!

Tudo de bom para ti e os teus.

Beijinhos

João

Natalia Nuno disse...

Quem sonha vai levando a vida na esperança dum mundo melhor, sem dúvida.
Tuas palavras me animam, fico de alma leve e com vontade de escrever, mesmo sabendo de antemão que me repito muitas vezes na minha saudade que é meu tema favorito.

Beijinho meu amigo.