Seguidores

quinta-feira, 30 de agosto de 2012

nosso amor é louco




Partilhamos silêncios!
A ele nos remetemos...
Falo à toa...
mas, o silêncio que se abate
me magoa.
Plantamos o jardim
na esperança de o ver florir
dissipam-se as brumas do desassossego
és alívo para o meu mal
a sorrir
numa flor pego
ligados pelo mesmo pensamento
surge um estranho fulgor no olhar
é hora de amar.

Não é possível alterar
o curso do nosso rio
nem desviar dos olhos
lágrimas mornas e delicadas
nosso amor é velho como o tempo
tão velho como nossas passadas.
É velha canção de embalar
que levamos a vida a entoar
balada cheia de ternura
que cura
a minha tristeza.
Sou rosa caída no chão
te baixas a apanhar
a luz esmorece um pouco
a lembrar...a hora de amar.

Nosso amor é louco
como um bater de asas
e estremecimentos
guardo ciosamente os pensamentos
o porquê do silêncio esqueço agora
meu corpo tremeu!
Oh meu Deus...e o teu!

natalia nuno
rosafogo

Sem comentários: