Seguidores

quarta-feira, 22 de agosto de 2012

falo pra mim a mentir



o odor do laranjal me embriaga
o tempo um instante parou
e vem a brisa e me afaga
já a aurora despertou.
vivo fora das horas
não me ouço, nem quero ouvir
eu sei que não demoras
falo pra mim a mentir.

vens afogar-te em meu mar
no vai vem da minha maré
mesmo que seja a sonhar
ou seja milagre até!

é de ferro a minha vontade
e a vida é tempo de flor
breve, como breve é esta saudade
nada faz sentido sem ti amor
quero a noite toda de estrelas
e tuas mãos nos meus seios
este momento é meu...quero tê-las
aqui me ofereço sem rodeios
se é sonho deixa-me sonhar...
este é o mundo dos meus segredos
onde tenho tudo pra te dar
e me entrego louca, sem medos.

natalia nuno
rosafogo
imagem da net

1 comentário:

PÈTALA disse...

Olá Natália

Muito belo este teu cantar
Alma que se dá e abre em flor
É fascinante e tocante este amar
Que em cada palavra escorre amor!

Deixo aqui o que já deixei no meu espaço.
Aproveito a oportunidade para te agradecer todas as visitas e comentários, bem como todas as palavras de incentivo e afecto. Meu coração ficará eternamente agradecido.
Um abraço, um beijo, e até sempre.

Pétala