Seguidores

sábado, 30 de setembro de 2017

já mal me lembro....



nuvens vieram sombrias
nada me dizem afinal
promessas de melhores dias
neste meu tempo outonal
não está distante a entrega
meus sonhos são o que são
na alma folhas secas, no coração
a vida que dele já despega.

cantei às flores da primavera
chorei com o som do ribeiro
por ti meu coração ficou à espera
à tua espera o tempo inteiro...
amadurecem os frutos na horta
e eu no meu destino solitário
mas o coração não fecha a porta
e vou desfiando este meu rosário

trago de prata meus cabelos
e na saudade vou caminhando
e se me vires a desprendê-los
é porque m' sinto ave d'céu voando
voando entre um nevoeiro espesso
por entre cedros e abetos
à procura de quem nunca m' esqueço
em busca do amor... e de afectos!

rugas do meu rosto  são bofetadas
que vou levando a torto e a direito
há nele risos e lágrimas escancaradas
enquanto o coração bate no peito
desenfreado tempo que tudo arrasas
por isso são tristes minhas razões
vontade esta de voar já sem asas,
aceito este viver de sonhos e ilusões.

natália nuno
rosafogo




6 comentários:

Maria Rodrigues disse...

Que seria de nós sem os sonhos e as ilusões.
Maravilhoso poema.
Beijinhos
Maria de
Divagar Sobre Tudo um Pouco

Beijaflor disse...


Olá Natália!

Quadras são minha paixão
Quando as leio deste jeito
Sinto o saltar do coração
Querer despegar do peito!

Muita mestria em tudo que escreves querida amiga! Nunca te importes com rugas ou passar do tempo. É a lei da vida, e a essa ninguém lhe pode fugir. Importa-se sim, em escrever poemas maravilhosos como só tu o sabes fazer!
Quando a tristeza descer sobre ti, deixo-te aqui um local onde a tristeza e todos os seus anexos não se atrevem a entrar! beijaflorpetalaflor@gmail.com

Beijinhos


Natalia Nuno/Rosafogo disse...

Insondável a vida, nada sabemos do que nos espera, então é bom que sonhemos, o sonho «comanda a vida» e só assim o rio em nós se fará mar...grata Maria pelas palavras que me deixou.

Grande beijinho com toda a minha gratidão

Natalia Nuno/Rosafogo disse...

Ora João meu querido amigo sempre as tuas palavras a incentivarem-me, mas algum dia vou ter de parar, todos os dias penso nisso, mas lá vem aquela vontadezinha que não deixa acontecer...já não aceito convites, o último que aceitei foi da Câmara de Loures e o Livro será apresentado dia 14 no Jardim da cidade, vou aproveitar a paz do tempo que me sobra para ler que eu gosto muito e escrevendo quando a vontade fôr grande... irei à morada onde não consentes a entrada da tristeza, até lá desejo que tenhas um bom fim de semana

Beijinhos João, grata pelo teu carinho, faz anos que levamos esta amizade és um bom amigo.

Maria Rodrigues disse...

Natália, passei para desejar uma boa semana e deixar um beijinho.
Maria de
Divagar Sobre Tudo um Pouco

Natalia Nuno/Rosafogo disse...

Grata querida Maria pelo carinho, fico feliz sempre que te encontro aqui na minha poesia, também ela te ama e se sente honrada com tua presença...bem hajas! Bom domingo, pleno de felicidade.
Beijinho amiga