Seguidores

quarta-feira, 24 de maio de 2017

O QUE O TEMPO TECE - Rosafogo.vfb.2010

4 comentários:

Beijaflor disse...

Olá Natália,

O tempo que tudo tece, também pode tecer aquilo que nos dá mais conforto e prazer. Áh, pois é!!!

Até o outono tem sua beleza
Com folhas caídas, e ao vento
Em todas se denota a leveza
Ao despegarem no seu tempo!

Tudo na vida tem um tempo
Mas nada deve meter medo
Existe sempre um momento
De mostrar nosso folguedo!


A vida, em qualquer idade, cada dia deve ser vivido como o último! O futuro é sempre o hoje, porque o amanhã, não sabemos se existimos!

Aproveitar a vida com tudo que ela tem de bom, reside aí toda a sabedoria! Quem sabe amar, brincar, sorrir, escusa de ter medo de nada. Muito menos da vida! Sou louco? Muito mais que isso! Rsrsrs

Estás proibida de desdenhar da tua escrita! Escrevessem muitos dos intitulados poetas, poemas com a qualidade dos teus, Natália! Não é poeta quem quer, mas quem faz das palavras caudais cujos rios não comportam em seus leitos, tal é força que o coração e a alma lhe imprimem nessa torrente que nem oceanos a contem!

Tudo de bom!

Beijos



Maria Rodrigues disse...

Maravilhoso poema.
A vida tece sonhos, tece alegrias e tristezas, alegria e dor, a vida é dualidade constante. O importante mesmo, é viver completamente cada momento que nos é oferecido.
Bom fim de semana
Beijinhos
Maria

Natalia Nuno/Rosafogo disse...

Olá João, verdade que me sinto um pouco cansada e com vontade de desistir, haja Deus que as tuas palavras trazem-me um raiozinho de sol, é bom ouvir-te um pouquinho como se estivesses aqui presente, vou lendo-te e vou querendo um pouco da tua juventude ou tentando agarrar um pouco dessa tua garra... a minha escrita parece-me a mim que está a perder força, mas sabes vai sair aí brevemente outro livro só meu, tanto convite lá caí na conversa, mas desta vez cedo os poemas e não pago é apenas o editor que se encarrega da venda, ainda assim ainda foi um castigo dos diabos... não sei se é boa ou má acredita, agradará a alguns e a outros não, mas a mim não me incomoda... sei que a tua opinião é sincera e agradeço-te...

beijinho, grata pela tua amizade

Natalia Nuno/Rosafogo disse...

Olá Maria

A vida também nos traz muita inquietude, muita confusão, quando pensávamos que estaríamos sossegados, surge sempre um problema com filhos ou netos, mas ainda assim também eles me deram momentos de felicidade, proponho-me a esquecer os maus e a lembrar os bons, afinal estamos de passagem e temos que levar a vida esperançados sempre.

Beijinho amiga e boa semana, grata por tuas palavras.