Seguidores

sexta-feira, 3 de março de 2017

sílabas precisas...



quase noite é... a idade
do rio que em mim corre
teço a própria realidade
sonho em mim não morre


sobre ruínas desperto
a palavra sol me ilumina
na vida q' parecia deserto
sonho-me de novo menina

natalia nuno
rosafogo

2 comentários:

Maria Rodrigues disse...

Que o sol e a esperança reinem sempre no nosso coração.
Lindo poema
Beijinhos
MAria

Natalia Nuno/Rosafogo disse...

Grata Maria pela visita e leitura... a esperança é a última a morrer, vem aí a primavera vamos usufruir dos dias lindos...
Beijinho