Seguidores

quinta-feira, 18 de agosto de 2016

tão quase nada...



horas mortas, que me abatem um pouco, meus olhos seguem a linha do horizonte, o mar em mim tão quieto, leito onde se abriga a nostalgia e a saudade, que sempre a ele regressa irrompendo a cada instante com a destreza do vento...demoro-me sobre as recordações  a rememorar o passado, e na minha cabeça é domingo e há sinos e sinto-me a passear comigo, tranquila, num céu sem uma única nuvem e o mundo a escapar-se de mim...a vida parte, o tempo entristecido, as palavras fracassam, deixam uma chuva de ideias e coisas por dizer dentro de mim naufragadas...

natalia nuno

7 comentários:

Jaime Portela disse...

Magnífica prosa poética.
Gostei imenso, parabéns pelo talento.
Natália, tem uma boa semana.
Beijo.

PÈTALA disse...

Olá Natália

O quase nada quantas vezes é tudo! É nas pequenas coisas, nos pequenos gestos, que se encontra aquilo que nos preenche, que devemos entender como felicidade! Teus poemas em verso ou em prosa deixam sempre marca indelével de quem já deu muito á vida, e que a mesma lhe retribui em conformidade!

Que a vida te continue a sorrir e a iluminar os caminhos!

Tudo de bom para ti e os teus!

Beijos

Suzana Travassos Valdez disse...

Muito bonito! Sente-se a nostalgia!

Suzana Travassos Valdez disse...

Muito bonito! Sente-se a nostalgia!

Natalia Canais Nuno disse...

Olá meu querido amigo João

Que bom encontrar-te, já tinha saudades tuas, espero e desejo muito que estejas bem.
Como vês por cá vou andando e escrevendo umas coisinhas, é difícil desistir e quando estou quase, lembro-me da força que sempre me deste e lá vou trazendo mais umas palavravinhas de amor e saudade. Que bom que gostas também das minhas tão singelas prosas poéticas, algumas tinha escrito há alguns anos atrás, assim como as minhas memórias e agora que as dei a conhecer, tiveram êxito nos sítios onde as partilhei...

Bem hajas por me deixares sempre palravas amigas
Um beijinho e também tudo bom para ti João, obrigado.

Natalia Canais Nuno disse...

Olá amiga Susana, é tudo muito simples, mas escrito com alma e coração. fico grata pela visita, deixe-me dizer-lhe que é um prazer ler sua poesia, agrada-me bastante pelo mesmo motivo muito sentimento, muita nostalgia e um misto de tristeza e de esperança.

Um beijinho obrigada por aceder ao meu pedido, bem haja.

Natalia Canais Nuno disse...

Jaime meu amigo, os últimos são os primeiros, agradeço de coração a visita. Excelente Poeta é o Jaime, nem sempre comento mas é um prazer visitá-lo e ler sua magnífica poesia... fico contente que lhe agradem as minhas simples palavras.

Um beijinho boa semana.