Seguidores

domingo, 13 de abril de 2014

Homenagem da Poeta Antonia Ruivo




16/4/2010


Sábias são as palavras

Ao falar da vida vivida
Por vezes em lágrimas amargas
Refaz uma esperança perdida

Mulher com nome de flor

Escreve em rima fina
Com uma mestria divina 
Dissimulando em ar sonhador
Alguns sonhos de menina
Aqui e além a rotina
Se espelha na escrita sentida
Reflectindo um sonho de amor.


Fonte: http://www.luso-poemas.net/modules/news/article.php?storyid=128501#ixzz2yng02YjT


Agradecimento:


Repouso a vista em campos vizinhos

Tudo calmo nada a quebrar
a monotonia.
Há gente pelos caminhos
E eu, um ror de tempo a recordar,
assim passa mais um dia.

O coração pula no peito

Lembro de tudo como se ontem acontecesse
Tenho p'ra mim que é meu defeito
Desejar que o tempo morresse.
E com vagar
Afinal sou cumplice também
Tudo calmo nada a quebrar

«a amizade por ti também.»



Fonte: http://www.luso-poemas.net/modules/news/article.php?storyid=128501#ixzz2ynhKWwCt


natalia nuno

rosafogo

Sem comentários: