Seguidores

domingo, 16 de dezembro de 2012

CONTIGO



Contigo vôo nas asas do vento
Saudosa hei-de morrer de amor
Belo é morrer neste deslumbramento
Contigo caminharei seja onde fôr.

Contigo é todo o sonho que sonhei
É reviver tempos de outrora
Canto de encanto, por ti me encantei
De pranto é a saudade nesta hora.

Contigo me sentia doce menina
Rica de sonhos e encantamento
Hoje é a tarde que sobre mim se reclina
E tenho a saudade para meu tormento.

Brilham meus olhos doce quimera
Ao longe sinto ainda teu acenar
Ai meu amor quem me dera!
Contigo sempre sonhar....

um poema singelo, feito directamente no Horizontes da Poesia, hoje, sobre o tema «Contigo» que era proposto pela amiga Cida Vasconcelos.

natalia nuno
rosafogo
imagem da net

2 comentários:

manuel marques Arroz disse...

Singelo mas cheio de ternura.

Beijo meu.

Natalia Nuno disse...

Feito sem contar, aderi a outros já feitos e que pediam continuação com este título «Contigo» e surgiu assim deste modo singelo como tudo o que escrevo.

Beijinho Manuel, obrigada.