Seguidores

domingo, 25 de dezembro de 2011

PASSOS NO SILÊNCIO

Ludivine Corominas-artes-decoupage

O silêncio, as estrelas, o odor
dos matagais,
Os meus passos, os meus ais,
os meus versos doloridos.
Um vento leve que areja
nos meus sonhos escondidos.
E um sol que mal chameja
nos meus olhos umedecidos.

Só a palavra me entende.

O amanhã é incerto
Ele me dirá,
quem fui e quem sou!
Me trará, por perto
o coração desfeito, preso ao que sobrou,
aos escombros da razão.

Mas hei-de ter motivos
Não foi tudo em vão!
Hei-de manter os sentidos vivos
E o amor no coração.
E ainda que, as mãos destroçadas
E a fronte demolida
p'la solidão acesa,
avivarei o fogo com palavras entrelaçadas
que aprofundem minha certeza

De que viver vale a pena.

rosafogo
natalia nuno






rosafogo
natalia nuno
imagem ret. do blog imagens para decoupage.

2 comentários:

stefanny disse...

Oi gostei do seu blog e achei lindo seu poema... parabéns estou te seguindo no blog me visite também bjoss e feliz natal....

Natalia Nuno disse...

Olá Stefanny, obrigado pelo apreço e carinho da visita.Volte sempre.

Irei visitá-la sim.
Beijinho e Bom Ano Novo.