Seguidores

sexta-feira, 6 de abril de 2018

teu amor...


rosto sépia sorriso fugidio
súbita sombra na alegria
horas de solidão
que só a saudade remove.
um suspiro lamentoso,
vindo do coração, que ninguém
ouve...
os sentidos em chamas
abraço-te no silêncio, sei que ainda me amas...
teu AMOR é minha manhã de luz
é sol nascente ocre doce, e forte
algo profundo, amadurecido
às vezes confundido no coração
aberto à sorte,
é folha que treme
onde pousa um pássaro cego,
pássaro que bate asas, num céu imaginário
repleto de estrelas
acalentando meu ego.

meus olhos mudam de cor
há muito deixaram o fulgor
anda minha vontade errante.
não sou sol nem lua
de ti meu desdenhoso amante
sou terra fresca, garça alada
entrelaço minha mão na tua
meu corpo é tua morada.

natalia nuno
rosafogo
2009




2 comentários:

Maria Rodrigues disse...

Tão apaixonado, mas tão sofrido.
Maravilhoso poema
Beijinhos
Maria de
Divagar Sobre Tudo um Pouco

Natalia Nuno/Rosafogo disse...

Olá Maria

Grata pela visita e leitura destas minhas coisas de poeta, a tarde avança em mim, mas o sonho persiste em acompanhar-me...

um grande beijinho, bom fim de semana