Seguidores

segunda-feira, 14 de agosto de 2017

sonhei contigo...



cheguei-me à borda da encosta
crescia em mim tanto alvoroço
sonhar assim, quem não  gosta?
 ver-te do outro lado ainda moço

ficaram meus olhos enfeitiçados
em chama acesa, forte pavio
e meus braços ali desamparados
esperando-te nesta tarde de estio

as minhas mãos de giesta feliz
aguardam o romper do nevoeiro
num tempo perdido que lhes diz
que voltarás... para elas inteiro

sei bem, são sonhos, são ilusões
grãos de pó, tudo eu inventei!
desdobrei em nós as estações
estrelas em nosso olhar semeei

lavrei a terra do amor no peito
nos rostos sulcos desbravados
somos rios com o mesmo leito
trazemos sonhos a nós atados

no adeus à tarde, quero-te tanto!
em meu colo repousa teu cansaço
c' mansa ternura aquieto o pranto
perde-te em mim, em meu abraço

natalia nuno
rosafogo


Sem comentários: