Seguidores

domingo, 29 de janeiro de 2017

nos teus olhos o céu...



beija-me como no sonho da juventude
olha-me com a plenitude desse teu olhar
e eu serei o aroma fragrante que esfuma
a labareda ou a queda
a realidade ou já só a saudade...
a dor ou a doçura, a noite que murmura
a memória duma vida em seu ar distante
tua mulher e amante.

o tempo vai quebrando laços
vai desfazendo nossos passos
vai espiando a ocasião
enlaça-nos numa intranquila solidão.
refugia-se nos meus olhos
este desmesurado amor...
enquanto a tua boca me entrega
o júbilo aceso duma flor.

o tempo todo vem perdurando em mim
a jovem chama, que me põe a mente
incendiada, traz-me a tua recordação e eu,
tropeçando, caída e cansada ainda assim.
vejo nos teus olhos o céu...
e no teu corpo o único destino meu.

natalia nuno
rosafogo

2 comentários:

Maria Rodrigues disse...

A saudade e o amor de mãos dadas num poema maravilhoso.
Beijinhos
Maria

Natalia Nuno/Rosafogo disse...

Obrigada Maria, fico feliz com seu apreço...sabe eu adoro escrever, e o tema preferido é a saudade.

Tudo bom, um beijinho com meu carinho.