Seguidores

terça-feira, 22 de maio de 2012

IDÍLIO




Naquele sofá esquecido e velho
Forrado de brocado vermelho
Confessei-te minha paixão.
Ficou nosso lugar privado
Hoje já abandonado,
Ele e nós sem tentação.
.
Nesta etapa da vida
A paixão é mais branda
e o sofá mais macio.
Lá como criança adormecida?!
É o sonho quem comanda
E acende a chama ao nosso idílio.

Poiso a minha mão na tua
Deixo acender em nós a chama
Aparecem as estrelas...e a lua!
E o sonho acontece porque se ama.
Assim nos enchemos de esperança
Nos nossos momentos não cabe a palavra fim
De cada instante fica a lembrança
Eu te amo e tu a mim!

Sou assim a fonte onde podes afogar-te
Sou uma nascente privilegiada
Levei anos a amar-te!
Mas me senti muito amada.
Há um fogo no meu coração
Que há noite me faz sonhar
Acredito ainda não ser só ilusão
No sonho irei sempre acreditar.

natalia nuno
rosafogo
imagem da net




Sem comentários: