Seguidores

domingo, 4 de dezembro de 2011

MAS NADA FOI EM VÃO!



Nas minhas noites uivam lobos,
E na linha do horizonte
há um grito distante,
no sonho a emoção se inclina
sobre a minha fronte.
Meu rosto é diamante
E a minha voz, de menina!

Caminho sobre a ponte
Levo nos olhos espigas,
verdes, do verde do monte.
Nos lábios levo cantigas.
Na garganta um soluço esmorecido
Nas mãos linhas mortas destruídas.
No caminho um crepúsculo já caído
Meus braços asas caídas.

Na vontade a resistência
Mas já da palavra a ausência
Mas a esperança vai aumentando!
E as lembranças?.
A Deus as bendigo,  amando-O.

Lembranças a cada instante vivas.
Em mim cativas!

Insisto com esperança
na minha oração.
E a vida é feita de setim!
Os meus olhos durarão,
o tempo que a vida leve a chegar ao fim.
Coberta de vazio a vida?
Parece um instante eternizado!
Toda ela percorrida
É presente e passado.

Mas nada foi em vão!
Ato a vida e o sonho à minha mão.

natalia nuno
rosafogo
imagem ret- do blog imagens para decoupage

Sem comentários: