Seguidores

domingo, 10 de outubro de 2010

SONHO E REALIDADE













SONHO E REALIDADE

São demasiado velhos os sonhos meus
São como as ondas da maré alta
São águias soltas nos céus
São saudades que o meu coração assalta.

Deixo-me a escutar das gaivotas o grito
E o som das ondas que avançam e recuam
E o sinal dum barco ao longe aflito
E para assombro meus sonhos continuam.
Deixo-me quieta, enterro os pés na areia
Aqui me desligo do Mundo
A tempestade chegando de raiva cheia
Me traz este desejo de escrever profundo.

Estou entre a realidade e a fantasia
Este meu silêncio é feito do que sei
Ah...estou louca, haja alguém que se ria!
Trago sonhos nos olhos e por eles velarei.
Teço silêncios que à vida me unem
Calo esta velha saudade, sem fim
Esta linguagem é velha e não me entendem.
Os sonhos a vida leva p'ra longe de mim.

E eu entre o céu e o mar,
O vento irado agora chora
Mais uma onda a quebrar
Vai chegando a minha hora.



rosabrava
natalia nuno

Sem comentários: