Seguidores

terça-feira, 17 de dezembro de 2013

meus olhos espiando...



Mas que altivez descabida
mar de ideias inconsistentes
anda toda a gente envolvida
c'doutores mais loucos q' os pacientes

dominados por desarranjo mental
sem que tomem feição diferente
revestem-se de prestígio teatral
tentando convencer toda a gente

porque há uma eternidade historial
comportamentos serão analisados
com o andar dos tempos em Portugal.

contra doidos varridos nos prostrando
seguimos sem acção... desesperados!
o golpe de misericórdia para quando?

natalia nuno
rosafogo
não tenho jeito para este género de poesia, mas hoje surgiu-me este soneto, (soneto?) o pior é a métrica, é só mais um momento onde desabafo a minha tristeza por este natal de pobreza em todos os aspectos.

2 comentários:

Lídia Borges disse...


Belíssimo!
A métrica é só um elemento técnico que pouco tem a ver com a mensagem que o sujeito lírico quer transmitir.

Um beijo

Natalia Nuno disse...

Olá amiga

Eu tenho alguma dificuldade em relação à métrica adoro sonetos e raramente me atrevo exactamente por isso, mas o que importa é conseguir transmitir a mensagem como muito bem diz. Fico feliz com sua visita.
Muito obrigada, aproveito para lhe desejar Boas Festas, Beijinho