Seguidores

sábado, 3 de novembro de 2012

LOUCO AMOR




O amor é pássaro leve
não se quer cativo
sopro louco...breve
obsessivo...

o amor é alquimia
acerto, desacerto...
lago de cristal
tormenta que raio envia

amor é lua oca
água fresca na boca
é seiva, floração
paixão...

amor é volupia doce
chama viva
chão de brasas
condor sem asas

amor é sedento algoz
magnólia verde
que mal floresce
logo se perde...

 natalia nuno
rosafogo
imagem da net

12/10/2006

2 comentários:

PÈTALA disse...

Olá Natália
Amor tem de ter loucura
Ser simples e sem vaidade
Só assim cresce e perdura
Até ao auge da felicidade

Uma vez mais nos encantas com a tua mestria nesta bela definição de louco amor. Aliás como em toda a poesia que fazes o favor de nos oferecer. Embora não entrando, nunca deixo de te ler.
Beijo
Pétala

Natalia Nuno disse...

Fico feliz sempre que apareces meu amigo, tenho andado um pouco parada por motivo de doença que está já quase ultrapassada. Só mesmo nestes meus espaços eu tenho vindo postar alguma coisa de quando em quando.
É bom poder contar com tua amizade e saber que me lês.
Visitar-te ei prometo, beijinho grata pelo carinho

natalia