Seguidores

domingo, 12 de agosto de 2018

é poesia o que escrevo...



é poesia o que escrevo
escrevo um verso
um pássaro me cai aos pés
tenho de lhe dar um céu, onde possa voar
uma árvore para pousar
o silêncio do céu, o ruído da terra
um barco na linha do horizonte
ah...invento uma ponte
num lugar qualquer
e o poema começa a nascer
é poesia o que escrevo
é nela que vivo, ao longe e ao perto
na segurança do seio materno
felicidade, saudade, viver eterno
pôr do sol, fim do dia
tristeza. alegria
é poesia o que escrevo
tantas rajadas do céu
e eu a pensar
onde é que o pássaro se meteu?!

tanta inquietação no vôo
que presa ao verso me deixou
é poesia o que escrevo
devo ou não devo...sonhar?
arranjar de novo outro céu
. para o pássaro voar?

e já que metade de mim é saudade
e a outra  metade é sonho
- é nele que vôo até ao fim!
e o pássaro cantando encontrará o ramo
o canto ecoará como uma oração
sempre que por ele chamo
ele volta, é minha inspiração

é esta a felicidade de ser
enquanto a vida não me esquecer
vou em busca duma luz que esconde
o pássaro, que tenta fugir sem q'eu saiba
 pra onde.



natália nuno
rosafogo
20009/01
imagem retirada da internet

Sem comentários: