Seguidores

terça-feira, 8 de maio de 2018

homenagem a natalia nuno





Um poema com que me homenagearam duas amigas que eu estimo...no dia do lançamento do meu 1º livro «Pesa-me a Alma»...faz sete anos.


É um campo verdejante
onde a rosa é fogo
que inala fragrâncias amenas
é a luz na alma
que recorda a infância serena
numa guitarra a lacrimejar saudade!
Uma cadeira que baloiça
nos orvalhos onde a poesia se derrama
pétalas no auge da felicidade
uma lágrima em sulcos
com o fulgor de um imenso sorriso
nas rimas em espontaneidade…
Nos desígnios pintados no céu
PESA-ME A ALMA
a veste do sonho na realidade alcançada,
a conquista das páginas
que para nós ficam para a eternidade…
Um olhar de força em plena amizade
um arrebatar de verdade
na imensidão de uma mulher
que se ama com sinceridade!

Poema de Ana Coelho com a leitura de Manuela Fonseca

natalia nuno
rosafogo

Sem comentários: