Seguidores

quarta-feira, 18 de janeiro de 2012

COMO SE OLHA A QUEM SE AMA

Anjos em imagens


Encostava a concha ao ouvido
E ouvia o tempo das marés
E no meu sentido
Saboreava a fantasia
de correr o mundo de lés a lés,
contigo um dia.
Era um sonho ,
onde dava largas à loucura
Já sentia em mim o calafrio
da Poesia e no meu rosto a frescura,
e a chegada do navio
atracando.

E eu te amando!

Cabelos em desalinho
Uma forte gargalhada
Me ías dizendo baixinho...
Anda comigo mulher amada.

Mas só sonho era!
A vida real à minha espera.

Vinhas beijar-me
Caminhando num passo miúdo
Na demora de estreitar-me
Quando nosso amor era tudo.
E éramos dois rios de ternura
E nas margens pássaros cantando ao vento
Chama do corpo e da alma...loucura!
Leito de amor, nosso momento.

Não voltarei a estar triste
Respiro a fragância deste sonho
Solto-me do torpor
Releio tuas cartas de amor.
Hoje quero viver,
fechar os olhos e renascer.

rosafogo
natalia nuno

Sem comentários: