Seguidores

segunda-feira, 15 de dezembro de 2014

pequena prosa poética...paz



pequena prosa poética


"A luz que o sol distribui tão generosamente tudo gera, é ele o olhar da manhã que aquece o dia e esmaga a noite, adoça a vida, com sua mão quente percorre nosso corpo, e depois corre disfarçado por entre as sombras e vai deitar-se por detrás do horizonte, deixa a saudade o cansaço os sentidos adormecidos, e a luz se fecha estrebuchando pouco a pouco. As rosas respiram o orvalho da noite e nos montes tão velhos como o dia a noite faz-se paz...até que ensolarada nasce a vida de novo no dia que clareia..."

natalia nuno
rosafogo

2 comentários:

PÈTALA disse...

Olá Natália

É sempre um prazer encontrar aqui tuas palavras.

O abrandar o ritmo às vezes é preciso e necessário. Mas nunca mais do que isso. Independentemente da idade todos nos devemos mexer o mais possível. E se for a fazer aquilo que se gosta tanto melhor. Nunca te deixes vencer, e muito menos te dês por vencida! A vida é uma luta constante, permanente! E tanto mais longe chegamos, quanto mais perseverantes formos!

Aproveita bem esta quadra junto de todos queles que amas. Que a saúde paz e alegria estejam contigo e com os teus. Que o amor fale sempre mais alto!

Todos estes votos são extensivos para o novo ano. Que ele nos possa trazer a todos aquilo que cada um de nós mais deseja.

Tudo de bom.

Beijos

João


Natalia Nuno disse...

É sempre bom encontrar-te, depois desta azáfama que há sempre nesta época, aqui volto de novo e dou com tuas palavras de força.
Desejo tenhas um Bom Ano, tudo bom para ti, obrigada pela companhia e amizade ao longo de 2014, espero continuar com tua amizade.

Beijinho