Seguidores

segunda-feira, 12 de agosto de 2013

o vazio das horas...


ao redor o vazio da horas,
o tempo cansado
deixando para trás o rasto
duma vida.
o sonho delapidado
é aroma de flor perdido,
indefesa na realidade
refugio-me na saudade.

as palavras são um jogo
falaz
que prometem e não cumprem
e o vazio que está por detrás
é frio na memória
onde jazem já algumas
recordações
ali prisioneiras
em sua quietude,
uma vez e outra, tento libertá-las,
quer sejam de dor ou de alegria
ou tão só de nostalgia.

até ao esquecimento de mim mesmo,
nostálgica, viverei encarando a vida,
abro as portas do olhar
de par em par
ainda que seja um breve e
ilusório tempo...tempo de despedida.

natalia nuno
rosafogo

Sem comentários: