terça-feira, 4 de outubro de 2022

amar é sempre ...



abandono-me em ti
saio do meu casulo
no teu peito eu me deito
és o porto onde me acosto
contigo a  vida regulo
sem ti, eu morro, aposto!

cansei da palavra
trago a memória escura
sinto falta de ternura
porque o amor é o lar
dentro do peito
partilho contigo este amor
que é feito,
de sonho e é tesouro
que é ouro,
dentro do meu peito.

é canção de embalar
a mais nada se assemelha
é sonho se me vens beijar
canção doce  e velha.

amar é a flor em nós perdurar.

natalia nuno
rosafogo
02/2004
imagem pinterest

6 comentários:

Cidália Ferreira disse...

Parabéns pelo excelente poema que adorei ler!!
-
Ver fluir, o que vos une, é a mais pura melodia

Beijos e uma excelente tarde!

Beijaflor disse...

Olá, Natália!

Passam as horas, os dias, os meses, os anos, mas não passa o talento com que nos brindas com os teus poemas. Poemas esses cheios de conteúdo e sonoridades cujas caraterísticas são imagem de marca desta diva da poesia, Natália (Rosa Fogo)

Que a saúde te acompanhe assim como aos teus, são os desejos deste sempre amigo João.

Beijinho

Roselia Bezerra disse...

Bom dia de sábado, querida amiga Natália!
sinto falta de ternura
porque o amor é o lar
dentro do peito
Cada poema mais lindo e revelador encontro aqui.
Tenha um final de semana abençoado!
Beijinhos com carinho fraterno

orvalhos poesia disse...

Muito obrigada pela visita amiga Cidália, desejo-lhe uma óptima semana

Beijinho

orvalhos poesia disse...

Olá amigo João, como é bom saber de ti, desejo que estejas bem, eu vou andando, os anos não perdoam, vou desistindo um pouco de tudo, mas não de todo, embora já não consiga retribuir como era meu hábito os comentários, nem partilhar assiduamente nos vários sítios, por onde andava. Agora ando mais lentamente, porém não esqueço os amigos, sabes bem, que foram muito boas as tuas palavras de alento, ao longo do tempo e que muito te agradeço. És um amigo de quem gosto muito.

Desejo-te toda a felicidade e deixo-te um abraço amigo, obrigada pela presença.

orvalhos poesia disse...

Querida Rosélia, ainda bem que gostáste!
São bem simples estes meus poemas, tal como eu, mas a simplicidade é também uma qualidade.
Desejo-te boa semana e que recuperes rapidamente a tua saúde.

Um grande beijinho, grata pela presença e apreço.